quarta-feira, 11 de maio de 2016

É lixado!



Estava aqui a pensar que a idade é, realmente, lixada!
A pessoa anda fresca e fofa pelos vinte, pelos trinta, assim entra nos quarenta e pensa "afinal não custou nada". E não. Mas depois e de rompante, eis que há aquela dor no braço, que a fazer determinados movimentos aparece, e o joelho, do nada também começa a dar sinal, basta estar mais tempo com a perna quieta. 
O cabelo tem cada vez mais fios brancos, que já por si é uma merda, mas, para ainda ser pior, são grossos, muito grossos e vêm aos magotes, não é um aqui e um ali, não, nada disso, são cardumes, enxames ou matilhas.
Já não nos aguentamos de pé depois das 10 da noite, quer dizer, EU não me aguento em pé depois das 10 da noite. Já não durmo tanto (também por causa dos bichinhos) e às 6.30h da manhã estou fora da cama... Lembram-se quando se deitavam a essa hora?? Também eu!
Temos Devíamos ter mais cuidado com o que comemos e com o que bebemos e fazer algum exercício é fundamental...
Apesar de tudo não nos queixamos (cor cor)  e que venha o reumático que nós vamos dar cabo dele!


2 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Venham eles, quantos são, quantos são? Venham os quarenta, os cinquenta ou os cem... o importante é estarmos cá e tal como a Ana diz e muito bem... nós vamos dar cabo dele!Beijinhos e chi-coração para a Isabelinha e os gémeos.

      Eliminar