quarta-feira, 13 de maio de 2015

Pois não se pode, pois não!




Não se pode ter tudo, eu sei, aliás, todos sabemos! Não falo em bens materiais, que esses, felizmente, os essenciais tenho e até alguns que não têm nada de essenciais.
Falo das pessoas, dos sentimentos, das sensações.
Isto porque estive tanto tempo na Tuga que me fui habituando, mesmo sem querer, mesmo sabendo, que, eventualmente, um dia voltaria a terras Africanas, habituei-me outra vez à família, aos amigos, às conversas, às rotinas que criei.... Não me interpretem mal, aqui é o meu lugar, e finalmente estou cá, mas as pessoas com quem convivi estes meses todos, com quem me habituei a por e dispor, com quem me habituei a jantar, a rir, a chorar até, essas ficaram lá. Também sei, que estamos à distancia de uma chamada de skype ou viber ou what ever, mas... não estão aqui, e nem eu lá. Inevitavelmente vou desaparecer das rotinas delas e elas das minhas... e eu não queria nada!
E fico triste, com certeza que fico triste!!

Sem comentários:

Enviar um comentário