quinta-feira, 31 de outubro de 2013

LIfe!!


Gostar X Valorizar



Acho que às vezes as pessoas se enganam a meu respeito, muito por  minha culpa, não nego, até porque tenho uma maneira de ser que pode dar aso a algumas confusões.. Sou carinhosa com aqueles que gosto, gosto de dar abraços, fazer telefonemas simpáticos, mas só porque sou assim, não estou à espera que venha alguma coisa do outro lado, ou não o faço porque quero alguma coisa, faço só porque sim, e, também, por outro lado, gosto de pessoas carinhosas, que me abracem que me liguem para saber como estou, gosto, acho fofinho, mas não estou a pensar sempre que o outro lado quer alguma coisa de mim, não me ocorre, porque há muitas pessoas como eu, e esta ou aquela pode ser exactamente como eu... E vai-se a ver e às vezes não é bem assim.
Há ainda uma outra "fatia" de mim que me parece que não estará muito bem esplanada, digamos assim, que é aquilo que eu gosto e aquilo que eu valorizo, que são coisas completamente diferentes, senão vejamos, alguns exemplos... a saber:

Gosto de maquiagem
Gosto de sapatos e roupas fashion
Gosto de gadgets (pois gosto, e muito, apetece-me sempre ter tudo o que está acabadinho de sair)
Gosto de perfumes (ui o que eu gosto)
Gosto de chocolate
Gosto música

Valorizo a saúde
Valorizo a minha familia
Valorizo a amizade
Valorizo o armário com roupa
Valorizo a higiene
Valorizo a paz interior

Quite a difference, não?



quinta-feira, 24 de outubro de 2013

Hummm



Chove. Chuva miudinha, o céu está cinzento, no entanto está imenso calor... Daqui de onde estou está a saber-me muito bem, sei que daqui a pouco vai estar sol quente, mas para já... é uma sensação boa. Sabe-me um bocadinho a Outono, ou a Inverno, nem sei exactamente a quê, mas sabe-me bem, a música também está de feição e estou sossegadinha, sem muito stress, e adorar o trabalho que estou a desenvolver.
E pronto! Era só para partilhar... apeteceu-me.

quarta-feira, 23 de outubro de 2013

...


O poder da música! #33




E é escusado dizer mais alguma coisa...

Das saudades..



Hoje ao pequeno almoço falávamos de amigos, isto porque hoje de manhã, mal me levantei pus a Joss Stone para alegrar a manhã e é inevitável ouvir esta criatura e não me lembrar dos meus amigos do coração, daqueles que gosto como se fossem irmãos, daqueles que ao pé deles posso ser a Ana. A Ana decidida, a Ana irritada, a Ana asneirenta, a Ana criança, a Ana Mulher, Mãe, daqueles que só de olhar sabemos exactamente o que outro está a pensar... e então tive saudades.
E agora, estava aqui a pensar, no meio das minhas coisas do dia, (enquanto continuo a ouvir Joss Stone) como é bom ter amigos assim, e que sortuda eu sou ter não um, mas dois, estão bem longe lá na Tuga, mas para mim estão "cá dentro" e eu tenho a certeza que para eles, ... "estou lá dentro".

terça-feira, 22 de outubro de 2013

Sempre


Mãe.



É verdade que já passaram quase 5 anos (caramba! o Tempo voa), mas ainda há alturas em que ouvir chamar-me "Mãe" ou "Mamã" me emociona, estas últimas semanas tem-me acontecido isso frequentemente. Não sei se é por estar mais sensível a isso, porque estive longe dela 1 mês inteirinho, não sei se é por ela me abraçar o triplo das vezes que costumava, não sei se é por ela andar atrás de mim como um cão, a querer fazer tudo o que eu faço, incluindo a base, o rímel e o blush...  não sei se é de ela me ajudar todos os dias a fazer o jantar e por a mesa, não sei se é por ela ter conversas comigo como se já fosse grande...Não sei, o que sei, é que o meu amor por esta pequena criatura, asneirenta, maravilhosa, com o sorriso mais bonito do Universo, parece que cresce a cada dia, a cada hora.
Ainda sinto saudades dela quando a deixo na escola e ela lá vai, feliz, com a sua bata cor-de-rosa, muito orgulhosa que já sabe fazer contas de somar até 10.
Ainda dou por mim parada a olhar para ela enquanto dorme e aperceber-me do quanto cresceu e o quão bonita é e a paz que transmite enquanto dorme...
Ser Mãe é realmente maravilhoso!

segunda-feira, 21 de outubro de 2013

Acudam-me!!


Não me parece que a coisa se resolva com um cafézinho ou dois. Não, nada disso, nem com estaladas e  nem com nada. Eu explico. A partir de uma determinada hora da noite (diria que a partir das 21.00h), vai-se-me o discernimento, apagam-se-me os fusíveis, e toda eu me apago. A verdade é que vou adormecer a Isabelinha e depois adormeço também e depois nunca mais fico normal, não termino as frases porque adormeço, sento-me no sofá para ver um filme e adormeço mesmo antes da primeira cena, não faço mais nadinha porque adormeço. Mas não me consigo controlar, adormeço MESMO. Não sei o que hei-de fazer. Não se resolve com café, com mais horas de sono, não sei. Mas é que não sei. Help?? Alguém?

quarta-feira, 16 de outubro de 2013

Ah pois!!!


Ronc...



E o sono que eu tenho??? Não está escrito em lado nenhum..

Crazy!



Acho que cá por terras de África anda tudo doidinho! Não se sabe se é a humidade que põe os neurónios neuróticos, se é o pó que dá cabo das vias respiratórias, depois instala-se no corpo todo e as pessoas vão e ficam malucas, ou se, realmente é tão somente deste continente em geral e deste país em particular. A verdade é que anda tudo doidinho, não tenho visto quase ninguém com destreza mental suficiente para ser capaz de fazer contas básicas, incluindo eu, que juro que não sei o que se passa comigo que não consigo pensar em merdas básicas, daquelas de b-a-bá, faço um esforço inacreditável e só consigo chegar ali ao 2 ( se a escala for de 0 a 20), e com muita sorte estou eu, porque há-os que nem aí chegam. Depois também há aqueles que pensam 24 (segundo a mesma escala), mas pensam tanto tanto que pensam demais e entram em filmes, ou até séries de 678 episódios qual Dallas nos tempos áureos. Pá... estaremos nós para isto?
(Tenho açúcar em pó no meu teclado, acho que "alguém" com mais ou menos um metro de comprimento e umas mãozinhas bem pequenininhas esteve por aqui... não sei, foi só uma ideia que eu tive)

sábado, 12 de outubro de 2013

:)


Oh Cacimbo por mim já ias andando...


Sábado. Era suposto ter acabado o cacimbo a 15 de Agosto. Era suposto estar a começar  a aquecer, a aquecer bem e estarem dias soalheiros. Pois Era. Mas não é, continuam os dias cinzentos, sem sol, está mais quente, não nego, que este cacimbo foi bem bem rigoroso, mas já chegava. Já fazíamos uns churrasquinhos no jardim ao almoço de sábado, jantares lá fora sem ser preciso agasalhos (agasalhos estes que quase ninguém possui). Enfim, nada a fazer, resta-nos esperar que o tempo melhore, que os ânimos também melhorem e depois então vai ser a loucura!!

terça-feira, 8 de outubro de 2013

Agora


Chegou!


Chegou. O Stress. Chegou à séria, boca seca, dedos nervosos, mãos transpiradas... Chegou.

Pois dizes!!




Ontem estava na cozinha a lavar a loiça. Ela, em cima de uma cadeira, lavava também as coisas só de plástico e falávamos. Falámos falámos, às tantas ela diz-me qualquer coisa que me fez rir, honestamente já nem sei o que foi, lá me ri e houve um silêncio...
Depois ela ri também e diz:

"Às vezes dizo coisas engraçadas, pois dizo, Mãe?"

segunda-feira, 7 de outubro de 2013

É fechar os olhos e ir..


Azamboada!



Ainda meia atarantada neste mundo que é trabalharmos para nós. Não há quem nos grite, não há quem nos mande fazer horas extras e nos tire folgas e nos desconte aqueles dias que estivemos a tomar conta da filha que estava doente em casa.... Mas em compensação há aquela sensação estranha que tudo depende de nós, não nos podemos atrasar a dar uma resposta, não nos podemos esquecer de nada, temos que ter tudo na cabeça e na ponta da língua, e pensar, pensar, pensar, aconselharmo-nos com quem sabe, não ter medo de pedir ajuda... ufffa!!! Mas vai correr bem, pois vai?


Coisas de Homens



A sério!! Eu acho que na cabeça dos homens, que se diz serem simplificadas e nós é que somos as complicadas, passa-se qualquer coisa de muito estranho. Juro.
Qual é a cena que a grande maioria (senão todos que conheço) não pede indicações quando está perdido e não há mapa nem GPS que nos possa valer?
Terão medo do bicho papão? Ou das bruxas?... Ou assim?

O espécime que ilustra este texto.. pronto, coitado, é assim... feiiiiio que dói!!!

sexta-feira, 4 de outubro de 2013

Do not!


Mãe e filha!


O sentimento que uma Mãe tem pelo seu filho é indiscritível. Estive longe da minha filha 1 mês inteiro, quando a vi, automaticamente cheguei a casa, o meu coração acalmou, o cheirinho dela trouxe-me paz, e os abraços dela... bem... os abraços dela são os melhores do mundo!!

zzzzzz



Por mim já ia indo... para a cama, quero dizer. Estou completamente sem energia, com os tornozelos inchados e "com sono nos olhos" como diz a Isabelinha.
Estou a tentar organizar-me com a iniciação do meu projecto, mais umas quantas coisas a tratar, depois a Isabelinha mudou de escola nesta terça feira para uma que é o triplo da distância (se não for mais) e a rigidez de horário é tremenda. Tem que acordar mais cedo, já não dorme à tarde, chega a casa super cansada e birrenta e a babá... foi-se.
Temos que fazer nós tudo, ir buscar, brincar, fazer jantar, dar banho... O que não seria mau se estivéssemos com o tempo completamente livre, mas não é o caso... Tem sido o caos, portanto, ainda nem há uma semana estou cá e já precisava de dormir 3 dias seguidos para recuperar... Damn!!