segunda-feira, 1 de julho de 2013

Dos arrependimentos!



Há dias em conversa com o Eduardo falavamos de arrependimentos, de coisas que tinhamos feito e que nos tinhamos arrependido. Acho que ele não se arrepende de grande coisa, já eu..
Nunca mais me esqueci, daquele dia de há 17 anos atrás, quando o meu sobrinho e afilhado Miguel estava comigo no supermercado, tinha pouco mais de um ano, e falava falava falava, às tantas disse uma coisa que me pareceu o que fosse uma asneira, repreendi-o... e ele continuou, a dizer a mesma coisa, nessa altura, dei-lhe uma sapatada... bem, ele chorou tanto de tão sentido... era tão pequenino! Como fui capaz de lhe fazer isso? Até hoje me arrependo... Um destes dias estava mais nervosa e gritei com a Isabelinha, mas gritei mesmonão fui só dura, no momento a seguir arrependi-me, pedi-lhe desculpa e ela disse "Não faz mal Mãe, eu desculpo"... Fiquei destroçada..
Porque é que antes de agir não pensamos? Assim não tinhamos necessidade de nos arrepender,que é horrivel...MESMO horrivel.

Sem comentários:

Enviar um comentário