terça-feira, 21 de agosto de 2012

Anês!



Às vezes dá-me ideia que falo anês! Falo aquela linguagem que para mim é clara, simples, para os outros é pior que mandarim. Não entendo. E claro, anês, vem de Ana, e classifiquei-o assim como sendo, então, o meu próprio dialecto.

Sem comentários:

Enviar um comentário