terça-feira, 26 de junho de 2012

Ai se eu te pego!..



Eu sei que não tenho bom feitio. Estou longe de ser um mimo de pessoa. De quando em vez passo-me da cabeça e aí vai disto... é um chorrilho de frases sem nexo, insultos (sem recorrer própriamente aos ditos), mas (acho que) ainda assim mantenho a coisa equilibrada e se me passo demasiado e digo coisas que nem sequer sinto, a seguir peço desculpa, e depois... mais mimo menos afago e a coisa passa-me. Volto ao que se chama normal, ou pelo menos o que será normal em mim, dentro da minha anormalidade, portanto.
Agora o que me passo mesmo é com pessoas sem berço, mal educadas, daquelas que parece que andam sempre de chancas... que se acham a maravilha das maravilhas, qual seres superiores e iluminados que podem e devem espezinhar todo e qualquer ser que se lhes atravesse no caminho e sair incólume. É com isso que me passo, isso é uma das coisas que me põe o sangue em ponto rebuçado e que me faz ter ataques de fúria, mas o mais engraçado é que, eu, mesmo com ataque de fúria não chego nem aos calcanhares da pessoa em termos de malcriadez e de parvoíce! Mesmo!

Sem comentários:

Enviar um comentário