sábado, 24 de setembro de 2011

Supermercado.

Estou em maratona de trabalho que isto de vir para Angola não se trata de ir para a praia o ano inteiro e fazer fins de semana e mini férias e essas cenas, às vezes consegue-se 2 dias, mas é só às vezes. Aqui trabalha-se, trabalha-se à séria, ah pois!! Adiante. O que eu queria mesmo dizer era que, estava a pensar nas compras, o que preciso de mercearia para casa (exacto a trabalhar imenso!) e depois lembrei-me de uma coisa que me atormenta sempre que vou a supermercados. São os carrinhos, pá!! Exactamente os carrinhos! Quando pegamos num se estiver coxo, trocamos o gajo, mas o pior são aqueles que parecem assim à vista desarmada que estão bem, que a coisa funciona e vai-se a ver e à medida que vão enchendo vão pendendo para um dos lados... E é uma chatice! Andamos nós ali agarradas ao bicho, a fazer figura triste porque às tantas já não temos força para o conduzir, e claro, a coisa piora se estivermos de saltos altos... Parecemos doidas a tentar domar a fera, cheias de compras, a fazer equilibrioe a tentar não nos mandarmos para cima de nenhuma criatura que nos passe à frente!! É ridiculo no mínimo!

Sem comentários:

Enviar um comentário