quarta-feira, 7 de setembro de 2011

Malas


Estou com um problema! Fazer as malas para mudar de país não é como fazer as malas para se ir de férias, principalmente quando há a dificuldade do excesso de peso com tolerância 0 Kgs. Quando estava a fazer as malas para trazer tinha a balança ao lado, fiz as malas uma primeira vez e pesei... SUSTO!!! Impossivel, não ia, jamais ter como pagar tantos quilos de excesso! Refiz as malas... pesei... SUSTO!!! Refiz as malas... pesei... SUSTO!!! Não estava a dar, e como desesperei trouxe só os mínimos indispensáveis, agora, um mês e meio depois de estar aqui apercebi-me que não trouxe quase nada, um dos pares de sandálias que trouxe deu o berro ontem, deixei de as puder usar.. os tops mais escuros, não sei se da água se do clima mudaram de cor, estão russos... e assim aos pouquinhos vão diminuindo as minhas coisas que já não eram muitas! Eu não acho isto certo, porque aqui não é possivel comprar-se nada, é tudo tão caro que não vale mesmo a pena... é melhor esperar por voltar e depois sim, TRAGO O QUE NÃO TROUXE e quase que não preciso de ir compras.... quase, eu disse quase!! Também não vamos ser completamente castradores, por favor!!

Sem comentários:

Enviar um comentário