quarta-feira, 14 de setembro de 2011

Ai!




Dormi pouco.
O pouco que dormi, dormi mal.
Acordei com a cabeça a rebentar de dor às 5.30h da manhã.
Continua a doer.
Estes sapatos de repente começaram a  magoar-me.
Continuo com imenso trabalho.
Hoje, sou o elo mais fraco. Adeus.

Sem comentários:

Enviar um comentário