sexta-feira, 30 de setembro de 2011

Fazer o quê?

Eu- Bom dia!
Pessoa- Bom dia sim!
Eu - O senhor é o último?
Pessoa- Náo, está atrás de mim aquéla móça mais aquéle móço e o outro lá e ná minha frente está mais aquéle móço e mais áquéle dus óculo vérmélho e o outro dá cámisa.,..
Eu - Conclusão, eu sou a última e toda a gente que está neste banco é antes de mim.
Pessoa- Éééé
Eu - (...)

O poder da música! #9



Com esta fui feliz!! Bom fim de semanaaaaaaaaaaaa!...

Juro que ouvi isto! #8

"Estas maçãs são azedosas!"

quinta-feira, 29 de setembro de 2011

Pois!

E então hoje, como sou uma pessoa que sofro do nervoso, comi chocolate até enjoar que é sempre uma coisa muito esperta de se fazer!

quarta-feira, 28 de setembro de 2011

Shhhh

A minha filha está doente, nada de especial, mas tem que estar em casa, só na próxima semana irá para a escola. Ontem, quando cheguei a casa estava cheia de energia, cantava, dançava, dava gargalhadas tão grandes que até chorava.. Quando a fui deitar perguntou-me:

I-Bou pá xcola?
Eu- Não, filha, amanhã ficas em casa outra vez, só daqui a uns dias é que podes ir para a escola, porque estás doente e tens que te curar e..
De repente interrompe-me, e com o dedo em riste diz-me:
I- Mãe, tu falas muito!
E dito isto virou-se para o outro lado e acomodou-se para dormir.

Pronto! Só me apetece dizer: "Desculpa lá se te estava a explicar porque é que não podias ir para a escola!"
Olha que isto!! Já a formiga tem catarro é o que é!!

terça-feira, 27 de setembro de 2011

Juro que ouvi isto! #7

"...É muito desorganizativo!"

Oh yeahh

Dear Santa


Querido pai Natal, bem sei que ainda é cedo para te escrever, mas queria ser a primeira. Eu sei que este ano não me portei muito bem, fiz uma (ou duas, vá) coisas que não devia ter feito, mas as pessoas humanas não são de ferro. As pessoas humanas às vezes sentem uma necessidade incontrolável de fazer asneiras e a coisa dá-se. Ainda assim acho que fiz muito menos do que muitos que para aí andam, não matei ninguém, não roubei e nem nada e mais, fiz muitos sacrificios, imensos, tive um dóidoi muito grande numa das minhas pernas que demorou muito tempo a passar e nem sequer passou na totalidade, estive quase 2 meses dependente de terceiros à custa disso, mudei-me para Angola, não sendo, obviamente a minha primeira escolha em termos de países para morar (nem a segunda e nem a terceira e ...), trabalho muitas horas, muitos dias, estou longe da familia e dos amigos, não tenho chocolate Nestlé e nem 1/4 de Vigor, estou há 2 meses a morar numa casa que não tem mobília, e isto continuava por aqui fora, mas eu quero poupar-te a desgraças. Como tal, se ainda achares que eu mereço um presentinho deixo-te aqui uma listinha de "algumas coisas" e podes escolher:
  • Quero um Suzuki Jimny, pode ser usado, mas para andar aqui é pequenino e jeitozinho, é claro que se houver espaço para um X5 que venha ele que eu fico toda contente.
  • Quero sapatos, é que isto é horrivel, os sapatos estragam-se mesmo muito, pode ser até um vale ou um cheque prenda daquela sapataria que adoro
  • Quero bombons Godiva, caixas com 32 andares faziam as delicias desta que te escreve
  • Quero livros, muitos livros com histórias lindas, arrebatadoras, emocionantes, daqueles livros que nos deixam saudades quando acabamos
  • Quero aquele amplificador a válvulas com umas belas colunas, para nunca faltar música na minha vida
  • Gostava de ter uma amiga ou um amigo aqui no hemisfério sul, ia saber-me bem, muito bem
  • Queria ter saúde e força para continuar e andar para a frente
  • Quero que a minha filha seja a criança mais feliz do Universo
  • Quero voltar ao meu rumo sem entropias
  • Quero anéis, não precisam de ter diamantes e ser de ouro, de prata ou de lata fazem maravilhas no meu humor
  • Quero pulseiras coloridas para aproveitar que moro num país em que é verão todo o ano.
  • Quero vernizes de muitas cores para fazerem pendant com o biquini.
  • Quero havaianas
  • Quero calças leves e coloridas para ir para a praia e usar no fim de semana
  • Quero conhecer música nova
  • Quero viajar
E pronto, assim numa primeira análise parece que a coisa fica por aqui...
Obrigada Pai Natal, prometo que me vou portar melhor para o ano. Juro!

sábado, 24 de setembro de 2011

Supermercado.

Estou em maratona de trabalho que isto de vir para Angola não se trata de ir para a praia o ano inteiro e fazer fins de semana e mini férias e essas cenas, às vezes consegue-se 2 dias, mas é só às vezes. Aqui trabalha-se, trabalha-se à séria, ah pois!! Adiante. O que eu queria mesmo dizer era que, estava a pensar nas compras, o que preciso de mercearia para casa (exacto a trabalhar imenso!) e depois lembrei-me de uma coisa que me atormenta sempre que vou a supermercados. São os carrinhos, pá!! Exactamente os carrinhos! Quando pegamos num se estiver coxo, trocamos o gajo, mas o pior são aqueles que parecem assim à vista desarmada que estão bem, que a coisa funciona e vai-se a ver e à medida que vão enchendo vão pendendo para um dos lados... E é uma chatice! Andamos nós ali agarradas ao bicho, a fazer figura triste porque às tantas já não temos força para o conduzir, e claro, a coisa piora se estivermos de saltos altos... Parecemos doidas a tentar domar a fera, cheias de compras, a fazer equilibrioe a tentar não nos mandarmos para cima de nenhuma criatura que nos passe à frente!! É ridiculo no mínimo!

sexta-feira, 23 de setembro de 2011

Grrrrr

Estou embirrenta! Acometida de uma pouca paciência incrivel. Estou imbirrenta, pronto. Não gosto do meu cabelo, passo-me com os meus sapatos, detesto a minha roupa, fico cega por só ter uma carteira e coiso. Odeio que façam de mim parva, detesto que o verniz esteja a precisar de manutenção. E resmungo e jesticulo. E faço caras. Cara de zangada, cara de má, cara de parva até quem sabe e tal e assim. Mas também estou no meu direito ou não??? Ah e tal e uma gaja tambem tem que se enervar de vez em quando e chamar nomes às pessoas (quando não estão a ouvir) que isto de insultar na cara tem muito que se lhe diga! Ai pois que tem! De maneiras que não se metam comigo hoje que eu não estou própria para consumo!! Câmbio final e desligo! Pronto!

Não diria melhor!

Só mais um esforço...


Não sei se me apetece contar os meus dias esta semana. Entre batidelas de carro (felizmente só chapa mas com muita chatice à mistura), dores de costas, borbulhas no corpo da Isabelinha que aparecem à noite e desaparecem de manhã (juro!), muito trabalho e pouco descanso a semana passou-se... na verdade foi-se passando.
 Era suposto ir hoje para a Tuga, era suposto ficar por 2 semanas. Mas não vou. Estou aqui e estarei por mais duas semanas inteiras. Depois vou e se tiver sorte por 3 semanas. Eu sei que Portugal está pelas ruas da amargura, eu sei que não há boas noticias nenhumas nos jornais, eu sei que há milhoes de pessoas a quererem sair de lá (assim como eu fiz), eu sei que anda tudo carrancudo e com um ar cinzento... Mas eu tenho saudades, tantas que às vezes sinto um aperto, tantas que dou por mim a fazer mentalmente um roteiro de o que fazer e quando (primeiro esborrachar a familia, repousar, ir às compras, convidar amigos para jantar, ir a jantares, passar uns dias em casa dos meus pais... e...) tantas que sonho acordada com o dia em que chegar... Bolas!! As saudades custam...

quinta-feira, 22 de setembro de 2011

O poder da música! #8

Hoje o dia não está a correr da melhor maneira. Aqui, longe, as emoções são sentidas com outra intensidade. As boas e as más. Quero ouvir esta, no máximo!

Hoje não está fácil!

quarta-feira, 21 de setembro de 2011

(...)

- Que barulho foi este?
- Qual barulho? O do jerrican a saltar?
- ...

Querem truquezinhos? #5

Apresento a base mais confortável, mais luminosa, mais maravilhosa! Não há cá pedaços de base seca, não há cá diferenças abismais entre rosto e pescoço, não há cá manchas. Com esta base a pele fica com um tom uniforme e lindo! Nunca tinha eexperimentado nada assim e já experimentei milhares. Desde que que a descobri não quero outra!!!

HD High Definition Foundation, Make Up For Ever

terça-feira, 20 de setembro de 2011

A tentar.

Adenda ao post anterior...

... e depois fui e comprei uns!

Sapatos!

Adoro sapatos! Adoro! Se pudesse todos os dias comprava um par, no mínimo, mas não se pode não é? Para vir, como tinha a limitação do peso e do espaço, trouxe só os essenciais, as sapatilhas para a viagem e para depois servirem para os passeios e 4 pares de sapatos e umas havaianas. Correcto! O que eu não sabia é que os sapatos aqui têm uma vida curta, os buracos, o pó e o calor dão cabo de tudo. Portanto o balanço, neste momento é: Um par de sapatilhas, umas havaianas e 2 pares de sapatos, os outros dois estão no lixo! Ora, para mim que sou pessoa que adoro sapatos a coisa até me dói, mas não posso comprar cá nada, mas em 2 semanas estarei na Tuga e as sapatarias que me aguardem que eu vou-me desforrar!

O passeio.



O nosso fim de semana começou bem cedo, 5.30h da manhã e aí vamos nós! Apanhámos um bocadinho de chuva e estávamos a ficar tristes, tipo "Em cada 35 dias chove 1, tinhamos que acertar logo nesse dia..", no entanto à medida que o dia avançava o tempo melhorou e muito, o sol queimava e não corria uma brisa. Fizemos 500 kms, alguns 80 deles em picada com selva de um lado e do outro, sem rede nos telémóveis... nada!! Se nos acontecesse alguma coisa estavamos tramados, mas correu tudo bem, felizmente, à excepção de um grande susto com um grupo de rapazes com catanas à saída de uma ponte muito estreita no meio da selva, mas foi só susto. Acho que depois de ver "Shooting Dogs" e "Blood Diamond" fiquei sugestionada no que diz respeito a estas "ferramentas de trabalho".Adiante. Fomos directos a Calandula para vermos as famosas quedas de água, dantes conhecidas por Duque de Bragança... Bem, lindas lindas!! Seguimos para Malange onde passamos a noite. Malange é uma cidade onde se nota imenso a presença dos portugueses. Edificios coloniais, o tipo de construção, tudo era quase familiar. É uma cidade limpa, ao contrário de Luanda e "mais ou menos bem tratada". No dia seguinte, destino Pungo Andongo para ver as Pedras Negras da Rainha Ginga, são umas formações rochosas que se elevam bem acima da savana. Um fenómeno que nunca ninguém consegui explicar. Uma paisagem de cortar a respiração e depois... Voltar para casa com a barriga cheia!!

sexta-feira, 16 de setembro de 2011

quarta-feira, 14 de setembro de 2011

Remember!

Ai!




Dormi pouco.
O pouco que dormi, dormi mal.
Acordei com a cabeça a rebentar de dor às 5.30h da manhã.
Continua a doer.
Estes sapatos de repente começaram a  magoar-me.
Continuo com imenso trabalho.
Hoje, sou o elo mais fraco. Adeus.

terça-feira, 13 de setembro de 2011

Cabelo


O meu cabelo aqui parece sei lá bem o quê. Talvez da humidade, talvez da "qualidade" da água (chamar qualidade é que não me parece perfeito, mas enfim..), talvez dos quilos de pó que andam no ar, o que eu sei é que até tinha um cabelo mais ou menos giro na Tuga e aqui é um amaranhado de fios que pela manhã parecem uma teia de aranha e à tarde estes fios como que por artes de mágica formam todo um conjunto de formas e texturas que parece que não o lavo há umas boas  semanas. Nas primeiras semanas andava desesperada, até que experimentei o champô do Eduardo e a coisa melhorou, agora pelo menos consigo que tenha algum volume... nas primeiras horas do dia. Eu quando chego a casa e me vejo ao espelho parece que andei a pagar promessa de ir a Fátima a pé... neste caso à Muxima a pé (a Muxima é a Nossa Senhora de Fátima daqui..), tenho um aspecto horrivel!! Uma coisa para lá de má!!
Olhem que é um desespero!!!

O poder da música! #6

Aqui vai uma carregada de energia!!!

Trabalho.

Estou mergulhada, atolada, rodeada de tabalho.
Tenho tanto que fazer que gostava que o dia tivesse mais horas..
Espero ter conseguido programar bem o blogger, senão...
A gente amanhã vê-se!

segunda-feira, 12 de setembro de 2011

TPM ou mau génio??

Se a minha filha não tivesse 2 anos eu diria que ela hoje estava com TPM. Juro!
Estava eu a dormir descansada e sinto a minha cama a abanar, era ela que vinha despenteada, olhos semi abertos com a naná numa mão e o cão na outra, sem dizer nada deitou-se ao meu lado e tapou-se com o lençol e adormeceu. Eu, que estava cheia de sono, fechei os olhos e voltei a dormir. Não sei se se passou muito ou pouco tempo sei que acordo com a Isabelinha a gritar e a bater os pés "QUERO I PRÁ MINHA CAMAAAAAAA, QUERO A MINHA CAMAAAAAAAAAA"... Pá... Não fui eu que a fui buscar foi ela que veio pelo seu próprio pé, porque raio é que a criatura se passou da cabeça?? Não é TPM, mas disfarçava muito bem!!

Bonés!


Para que conste detesto mulheres com bonés, não todos os bonés, mas aqueles chamados bonés de baseball. Dá um ar... parolo no mínimo! Ficam lindas com lenços na cabeça, com boinas, chapéus de aba larga, chapéus de palha (sem a fita a dizer Algarve),  gorros, enfim, há uma parafernália de coisas que se podem usar na cabeça (assim de repente até me lembrei de mais coisas do que gostava..). Mas por favor, por favor, bonés com o cabelo apanhado e o rabo-de-cavalo a sair pelo duraco do dito, não! É que não mesmo!!

Coragem..

sábado, 10 de setembro de 2011

Limitados?


Por isso é que eu não percebia quando me dizia "Eu sei o que é azul, e também sei que há azul turquesa, uma variação do azul, mas não sei qual é!"
Está tudo explicado. Limitados. Não é por mal, é mesmo defeito genético!

sexta-feira, 9 de setembro de 2011

O poder da música! #5

Para esta... Há muito pouco a dizer! Só há a ouvir...

Desculpa.

Desculpa é uma palavra como outra qualquer, 8 letras, começa por "d" e acaba em "a"... Mas tão carregada de significado! Porque é que é tão dificil às vezes dizê-la? Porque é que nem toda a gente (muito pouca, aliás) a usa? E é tão simples..
"Desculpa, estava a ser injusta"
"Desculpa, estava nervosa"
"Desculpa, enganei-me"
"desculpa....
A minha filha, que é uma criança, pequenina, sempre que faz o que não deve diz "Xculpa, mãe.... beijinho de xculpa"
Eu, peço desculpa, quando acho que não tive razão, quando fiz o que não devia ter feito e quando digo o que não devia e gosto de ser assim, aliás, mais do que gostar, acho que estou certa em ser assim. Gostava tanto que os outros também fossem...

Tá bem??

quinta-feira, 8 de setembro de 2011

Detesto!

Detesto diminutivos, aliás, detesto que não se diga os nomes todos das coisas, não falo em petit noms das pessoas, isso até acho alguma graça, falo sim no "miga", nos" jinhos", nas "jocas", no "mor", no "bigada", falo das pessoas que em vez de irem ao norteshopping vão ao "norte", das pessoas que nos pedem para sermos amigos no "face" que vão às compras na "pull" e à "bimba"  e depois vão abanao o capacete na "big". Pá... Detesto! É que não aguento mesmo. Pronto. Estava mesmo a precisar.

Eu sei.


Eu sei que estou num país que não é o meu. Eu sei que estou num país de terceiro mundo. Eu sei que aqui tenho que refrear os ânimos e manter-me calma, o mais possivel. Eu sei que aqui ninguém tem obrigação de entender o que eu entendo e de pensar como eu penso. Eu sei que aqui tenho que ter mil olhos quando vou a conduzir porque há carros que aparecem de todos os lados, inclusivamente de frente numa rua de sentido único. Eu sei que devo evitar estar na rua ao amanhecer e ao anoitecer, os mosquitos multiplicam-se nestas alturas. Eu sei que não posso lavar os dentes com água da torneira. Eu sei que não posso pedir que as pessoas sintam o que eu sinto. MAS PORQUE RAIO É QUE NÃO POSSO DIZER AO MEU VIZINHO DO LADO QUE FESTAS À NOITE DURANTE A SEMANA NÃO PODEM ACONTECER???? Porquê?

A ver se consigo!...

quarta-feira, 7 de setembro de 2011

O poder da música! #4

Não consigo explicar o que esta música me faz sentir, mas consigo dizer que salto sempre, muito!!!

Juro que ouvi isto! #6

"... é impossívilíssimo andar de transportes públicos nessa cidade!"

Malas


Estou com um problema! Fazer as malas para mudar de país não é como fazer as malas para se ir de férias, principalmente quando há a dificuldade do excesso de peso com tolerância 0 Kgs. Quando estava a fazer as malas para trazer tinha a balança ao lado, fiz as malas uma primeira vez e pesei... SUSTO!!! Impossivel, não ia, jamais ter como pagar tantos quilos de excesso! Refiz as malas... pesei... SUSTO!!! Refiz as malas... pesei... SUSTO!!! Não estava a dar, e como desesperei trouxe só os mínimos indispensáveis, agora, um mês e meio depois de estar aqui apercebi-me que não trouxe quase nada, um dos pares de sandálias que trouxe deu o berro ontem, deixei de as puder usar.. os tops mais escuros, não sei se da água se do clima mudaram de cor, estão russos... e assim aos pouquinhos vão diminuindo as minhas coisas que já não eram muitas! Eu não acho isto certo, porque aqui não é possivel comprar-se nada, é tudo tão caro que não vale mesmo a pena... é melhor esperar por voltar e depois sim, TRAGO O QUE NÃO TROUXE e quase que não preciso de ir compras.... quase, eu disse quase!! Também não vamos ser completamente castradores, por favor!!

terça-feira, 6 de setembro de 2011

Não é?

Quinta-feira!

A minha filha, de repente ficou crescida, já diz os "r´s" que dantes eram "l´s" e começou a conversar e a contar coisas!! Ando maravilhada com a evolução...
No domingo estávamos a jantar e passou um avião (aqui aos aviões voam tão baixo com um barulho tão ensurdecedor que no primeiro dia que ouvi um pensei que ia bater no prédio, assustei-me MESMO!) e diz a criança:
Isabel- Olha um bião!!
Ana - Avião, filha
Isabel- Vião! Bamus nu bião, Mãe?
Ana - Vamos, daqui a umas semanas já vamos, as duas, agarradinhas, no avião!
I- Então bamus quinta-feira tá bem??
Ora, partindo do princípio que uma criança com 2 anos não sabe os dias da semana, muito menos o que eles querem dizer, não esteve mal não senhor!!

O poder da música #3

Vamos lá gente!! Chega de dias maus! Hoje decidi que o meu vai ser bom! Braços no ar e volume no máximo..
Esta dá-me uma vontade de dançar!!!

segunda-feira, 5 de setembro de 2011

Está bonito está!

Help!



Estou que não posso!!
Dói-me o ombro esquerdo tanto, mas tanto que quase não consigo escrever.
Tenho tanto sono, mas tanto sono, que preciso de ajuda para não adormeczzzzzzz
Lá fora está um calor infernal e não estou a conseguir manter a temperatura normal aqui no escritório, ou estou com pele de galinha ou estou a transpirar, preciso de um curso intensivo de aparelhos de ar condicionado!
Tenho tanto que fazer e o programa que preciso decidiu que eu não tenho autorização para o utilizar.
Aiii que nunca mais é noite!

Juro que ouvi isto! #5

"... ela esteve na eminência de contrair cegueira!:.."