terça-feira, 2 de agosto de 2011

Emigrante

Estava difícil de cá voltar! Entretanto mudei de país, de continente, de hemisfério... Sim, grandes mudanças, gigantescas. Agora dei por mim a pensar que sou emigrante, emigrei,não me soou muito bem. Só me faz lembrar os emigras que no mês de Agosto vemos no shopping e no supermercado a chamar o Jean Pierre... Não! Não me vejo num registo desses, mais a mais é Agosto e eu estou a trabalhar e vou continuar a trabalhar.
A primeira coisa que me aborrece é que, a esta altura já sonhava com a colecção de inverno e camisolas quentinhas, botas de tacão e cano alto, casacos, trench coats e cachecóis e agora... o verão aqui ainda não chegou, é certo que estão 25º, que fui à praia no fim de semana, mas a verdade é que ainda vai chegar o verão, tórrido, de andar com o menos roupa possivel e de abano. Acho estranho. Não vou conseguir usar as roupas lindas de inverno... pá... acho mal!
A outra coisa que me incomoda (e não é necessáriamente por esta ordem) é.. pá... esquecerem-se de nós. O que é normal. Ora eu não estou na terrinha, na vida do costume, estou a milhares de kms de distância, falar ao telefone é quase proibitivo, no skype... sim, no skype sim, mas nem sempre estamos às mesmas horas e depois há a prioridade da familia... Portanto, falar com os amigos e queridos, ou com os queridos amigos é cada vez mais esporadicamente... E é tão natural como a sua sede se daqui a 15 dias já ninguém se lembrar que eu um dia fiz parte da vida deles. É chato! Comigo não se passa isso porque eu sou uma agarrada à familia, às pessoas de quem gosto e que amo e aqui nos confins lembro-me delas todos os dias e como seria se elas tivessem aqui comigo!!
Pessoas, ai de vocês que se esqueçam de mim, que eu estou longe mas não faleci! Hei-de voltar, tá bem,?

2 comentários:

  1. Olá Ana,
    Queria dizer-lhe que acho imensa graça ao seu Blog.
    A sua escrita lembra-me uma pessoua que conheci in tempos (amiga de um amigo meu genial, teve tudo cincos).
    Continue assim...
    Sinta-se cumprimentada por este seu admirador,
    joao pedro pais (a mafalda veiga manda-lhe um beijinho)

    ResponderEliminar
  2. Sr. João Pedro Pais, porque é que não vai, juntamente com a Srª Mafalda Veiga passear de mãos dadas num campo de minas?

    ResponderEliminar