quarta-feira, 18 de maio de 2011

Super

Às vezes dou comigo a pensar que gostava de ter super poderes, não queria ser a super mulher, até porque acho que todas as mulheres são um bocadinho super mulheres, queria mesmo ter dons especiais, assim do género de ter uma varinha de condão e aí vai disto, toca a limpar a casa, a esvaziar a máquina da loiça (que não há coisa que eu mais odeie fazer do que esvaziar a máquina, é inacreditavel), passar a ferro (que nem sei como se faz)... Mas essencialmente gostava de conseguir minimizar o sofrimento àqueles que amo, gostava de conseguir fazer aparecer a pessoa certa para aquela minha amiga que tanto precisa, de não magoar (ainda que sem intenção) aqueles que me fazem bem, gostava de conseguir acompanhar a minha filha em toda e qualquer etapa do seu desenvolvimento e crescimento e ... vida.., gostava de consegui resolver problemas dos que me são mais chegados.. Na verdade, o que eu gostava era de não complicar tanto tanto a vida que é tão simples e nós humanos (eu no inicio da fila) gosto tanto de complicar!

1 comentário:

  1. Vou-te ser sincero, está complicado a mais para eu conseguir perceber :p

    ResponderEliminar