domingo, 8 de maio de 2011

(Re) Começo

Pensado e repensado, o melhor é dar que fazer aos neurónio, aos dedos (sim, porque a motricidade fina deve ser desenvolvida toda a vida, não vá aparecerem gangrenas!) e volta e meia vir aqui dizer qualquer coisinha: O estaminé existe e como tal, mesmo sem seguidores ou visitas, o que me importa é o gozo que me dá e o alivio que me faz sentir depois de, mesmo destabalhoadamente vir aqui depositar e vomitar baboseiras. Hoje pensei nisso enquanto de manhã arrumava pela terceira vez os livros na prateleira do quarto da minha filha e apanhava do chão ganchos, pequenos pedaços de bolacha e restos mortais de balões que já tinham sido muito "brincados". Preciso de falar, de partilhar, de extravasar sentimentos e sentir-me bem, e afinal, é para isto que serve um espaço de escrita criado por nós e para nós.
Virei, virei sempre que precisar, que quiser, que me apetecer, mas sempre com muita vontade de escrever a minha alma!

1 comentário:

  1. E aqui te esperamos, pequena Ana.
    Por mais que goste, e olha que gosto muito, de te ler, nao será que esses desabafos e esse sentir bem te ficariam melhor na "vida pá serio"? :)

    ResponderEliminar