quarta-feira, 29 de dezembro de 2010

1, 2...2011!

Ai.. já estamos com um pé em 2011! Todos os anos eu digo "É agora! É este ano que vai ser o tal, é este ano que as coisas vão começar a correr melhor" E depois nunca é, nunca é o tal e não sei como as coisas correm sempre pior...
Por isso vou aqui deixar, em jeito de balanço, um pouco do que foi o meu ano de 2010.
Este ano fui de férias de neve e quando voltei tinha negras em sítios que nem sabia que existiam, este ano trabalhei num emprego que uns dias gostava outros não, este ano deixei de trabalhar nesse emprego, este ano conheci pessoas importantes para mim, este ano fui ao concerto da Joss Stone, este ano tomei anti depressivos sem precisar, porque quando precisei já os tinha tomado todos e sozinha safei-me da depressão, este ano fui a Santiago de Compostela precisamente no dia em que os Muse tocaram para 25.000 pessoas, este ano fiz coisas boas por pessoas que não gosto, este ano brinquei muito com a minha filha, este ano comi pimentos padron aos quilos, este ano emagreci muito e depois engordei tudo, este ano todos os dias desejei ter outro filho, este ano troquei uma carrinha mercedes por um smart e adorei, este ano tive um computador verde e um ipod rosa chok, este ano inscrevi-me no ginásio e tenho ido, este ano fui de férias de verão quando achei que não ia, este ano senti realmente raiva por uma pessoa, este ano quis ser melhor e não consegui, este ano estive mais longe dos meus pais do que gostava, este ano aprendi a cozinhar pratos diferentes, este ano comi mais sopa e fruta, este ano ganhei uma máquina fotográfica, este ano a minha filha começou a falar e agora é uma grande tagarela, este ano zanguei-me com o meu marido e depois fizemos as pazes, este ano mudei de planos muitas vezes, este ano menti e depois arrependi-me, este ano pedi desculpa, este ano fiquei muito nervosa, este ano tive uma aula de maquiagem, este ano pintei as unhas com verniz chanel, este ano chorei e ri ao mesmo tempo, este ano estive com os meus amigos menos do que gostava, este ano fui a caminha, este ano fui às massagens de shiatsu.... este ano  está quase quase a acabar!

domingo, 19 de dezembro de 2010

Querem truquezinhos? #3

Os Pés! São os nossos pés que suportam todo o peso do nosso corpo (e mente)! Deviamos tratá-los como se fossem reis, ou então os nossos mais-que-tudo, os nossos xódós, por assim dizer. Não é bem isso que acontece "Ai porque é inverno e ninguém vê, ai porque é verão e eu vou ali, pago couro e cabelo e arranjam-me os pés que é um luxo, ai Jesus..."
Eu tenho a solução para todos os vossos problemas, com apenas um gesto diário, um e um só, não é caro e os pés ficam novinhos em folha, hidratados e lindos de morte, e qual é essa solução, perguntam vocês? (tu, pronto!)
Xarannnnnnnnn
Creme gordo Vasenol, o milagre dos pés!

terça-feira, 14 de dezembro de 2010

O pote!

Comprámos um pote para a Isabelinha. Pronto! A verdade é que ela ainda usa fraldas, mas não sei o que se lhe passou pela cabeça desde há duas semanas para cá, que, constantemente diz "TxiTxi" e vai de baixar as calças e largar a correr pela casa fora. Isto era muito bonito se vivessemos num país tropical ou se só acontecesse dentro de casa... pois é, é na padaria, na rua, onde tiver que ser. Apetece-lhe baixar as claças e aí vai disto.
Resolvemos então comprar-lhe um pote, e agora quando diz "Txitxi" já diz "Txitxi pote", vamos a correr, tiramos-lhe a fralda e lá fica ela, praí 2 segundos e depis "tátá"... e não fez nada!
Dizem-nos para aproveitarmos esta fase para lhe tirar as fraldas, mas o que nós queriamos mesmo era que ela não baixasse as calças assim sem mais nem para quê!

sexta-feira, 10 de dezembro de 2010

O Milagre!

Eu andava macambúzia, eram saudades, que eram, mas ainda era mais do que isso. Eu não dormia bem, doía-me a cabeça constantemente, mas dores muito, muito fortes, doíam-me as costas, de tal maneira que me custava andar, e era a tendinite. Estava praticamente pronta para deitar ao lixo e com paciência zero. Comecei a achar que tinha de melhorar rápido porque o Eduardo ia chegar e eu queria estar bem para o receber. Mas não estava. Como ele é um grande querido levou-me ao médico e daí a um senhor que não tem mais de 1,60m, japonês, com o cabelo branco e umas mãos ditas milagrosas. Fez-me uma massagem e saí de lá nova. Estou nova, dores de cabeça nem vê-las, durmo bem e descanso, e tendinite? Qual tendinite?

quarta-feira, 8 de dezembro de 2010

Querem truquezinhos?#2

Nós mulheres sabemos muito bem o desconforto que sentimos quando saimos de casa lindas e maravilhosas, com a maquiagem impec, as sombras lindas a fazerem "smokey eyes" e  vamos ver-nos ao espelho e... UPS!! Já só temos um risco de sombra na dobra da pálpebra.. É horrível, parace que estamos "de festa" há quinhentos anos e até há pouco bem pouco tempo eu não sabia como resolver isso, mas eis que se me fez  luz:



Ombre Éclat Base Paupiéres Eye Primer - Guerlain

Pois que não é mais que uma base de sombras nos olhinhos e fixa como nada que eu conheça as sombras.
Ide, usai e dizei-me! 

quarta-feira, 1 de dezembro de 2010

É tão giro quando nos ligam e nos dizem:

"Eu ia-te convidar para jantar, mas estou um bocadinho choca!"

Tá bem...

segunda-feira, 29 de novembro de 2010

2 Anos

A minha filha ontem fez 2 anos. Eu sei que devia ter escrito este post ontem, mas com festas e familia e sem marido a coisa não foi fácil! Correu tudo bem, felizmente.
Mas... 2 anos, já? Já tenho saudades dela assim pequenininha, a fazer barulhinhos que só os recém nascidos fazem! Diziam-me que o amor que se sente pelos filhos é indiscritível, e eu acreditava, mas achava que também seria um exagero. Agora que sou Mãe vou tentar explicar o que sinto pela minha filha.. É um amor de tal ordem que eu sei, tenho a certeza que vou gostar mais dela amanhã do que gosto hoje, é de tal ordem que eu sei que se for preciso morro por ela, é de tal ordem que a deixo no infantário às 9 horas e às 10 já sinto saudades dela, é tão forte que é animalesco, que é maior do que tudo e diferente de todos os amores que sentimos, e é tão bom!
Obrigada Eduardo por juntos termos a filha mais querida do mundo!

quinta-feira, 25 de novembro de 2010

Querem truquezinhos? #1

Vamos lá dar alguma utilidade a este blog! Apartir de hoje haverá periodicamente uma rubrica que dará dicas de beleza pela minha pessoa, que não são pro, mas gostava de ser.
 Para as leitoras femininas, estes milhões de seguidoras (olá Su!), aqui vai  a primeira dica.
Olham para o espelho e vêm uma cara deslavada, com olheiras,  e à volta dos olhos parece que levaram um murro?
Pois que vos trago a solução:


Skinflash Radiance Booster Pen, da Dior.

E o que é que isto faz, perguntam vocês?
Pois que ilumina tudo por onde passa, reflete a luz, portanto ficamos com um aspecto mais que maravilhoso, se "aplicarem" (adoro esta palavra) à volta dos olhos, vão ver como ficam bem mais radiosas.
Experimentem que não se arrependem

terça-feira, 23 de novembro de 2010

Do desconforto

Estou desconfortável! Não, não tenho nenhuma pedra no sapato, não tenho a meia dobrada, não tenho um soutien apertado, nem o elástico do fio dental onde não deve e muito menos tenho frio ou calor.
Estão aqui em casa os senhores da meo fibra, são 2, andam por aqui como se a casa fosse deles, ligam cabos, desligam modems, procuram sinal, abrem a porta saem, entram...e fazem isto tudo como se eu não existisse, como se fosse transparente. Mal entraram perguntaram-me as coisas básicas "Onde quer a box", "o telefone fica no mesmo sítio deste?", "Quantas televisões tem em casa?","Onde é que está a caixa das telecomunicações?" (Hellooooo sou uma menina, sei lá onde raio está a caixa das telecomunicações, nem sequer sabia que existia uma!! Faça o favor de procurar e depressinha que eu tenho muito que fazer ainda hoje!) e depois, tudo sabido há que começar a trabalhar!
Eu não sei o que fazer, não posso ver televisão porque eles acabaram de deligar a Zon, portanto, está mais preta que uma cortina de blak out, não vou para os quartos porque assim deixo-os à vontade de mais, não vou ler porque fico a fazer uma figura ridícula ali sentada no sofá.
Resta-me esperar que sejam breves! Tipo... "Tá andar!"

sábado, 20 de novembro de 2010

Das saudades

Ele já foi. Para outro continente. Para outro clima.
Aqui faz frio, chuva, vento, lá está sol e calor.
Aqui não há muito para fazer, porque sair de casa implica levar com água pela cabeça abaixo, correr atrás do chapéu (chapéu mesmo, não é guarda-chuva), pisar uma poça de água e ficar com os pés molhados e claro, ficar com o cabelo numa desgraça.
Estamos em casa dos meus pais, eu e a Balélo, cada uma com 4 camisolas e gorro sempre ansiosas pela mensagem no telemóvel "skype" para irmos a correr ligar o dito e vê-lo por uns minutos e por uns momentos esquecermo-nos das saudades.
Ele é engraçado, ele é meigo, ele é amigo, ele é... Maravilhoso e eu gosto tanto tanto tanto dele...
Tenho saudades... MUITAS!

quarta-feira, 17 de novembro de 2010

A parte boa do inverno

O inverno é uma grande chatice, é enorme, escurece muito cedo, é frio (não... frio???), chuvoso, ventoso, desagradável... Uma enormidade de coisas más, mas tem 2 coisas muito boas:

  • As roupas confortáveis e lindas de morte

  • As lareiras
Ontem acendi a minha pela primeira vez... e foi tão bom!

terça-feira, 16 de novembro de 2010

E se o meu Pai Natal fosse um ganda Maluco?

Dava-me estes botins muito bem embrulhadinhos!


segunda-feira, 15 de novembro de 2010

Opá! Isto não está certo

Ele anda a braços com uma viagem para terras estranjeiras daqui a uns (poucos) dias, não tem tido fins-de-semana, não tem tido fins de tarde, fns de noite e nem inícios para dar conta do recado aqui antes de ir, vai estar lá longe bastantes dias, e eu já tenho saudades.
Gostava de poder ajudar para dividir os trabalhos e depois somar o tempo livre, mas não posso, e fico triste.

segunda-feira, 8 de novembro de 2010

Pudim Vs Morcela de arroz

Na sexta-feira tive visitas para jantar. Resolvi logo a segui ao almoço que ia fazer uma sobremesa, uma vez que tempo não me falta. Pensei, pensei e fez-se-me luz "Vou fazer aquele pudim de chocolate que a minha cunhada disse que até sonhava com ele". Nunca tinha feiro pudins antes e esta era uma óptima oportunidade. Procurei a receita, fui comprar os ingredientes, chocolate em pó, amêndoa ralada.... verifiquei se a forma estava operacional e deitei mãos à obra. Confesso que estava orgulhosa. Na receita dizia que o dito cozia em banho maria durante 75 minutos, portanto havia mais que tempo para fazer o jantar enquanto cozinhava, até porque este pudim é suposto comer-se quente com uma bola de gelado de baunilha a acompanhar (conseguem imaginar a delícia?)
O jantar estava óptimo, rosbife com arroz e uma salada muito colorida, vinho tinto... não faltou nada. Era chegada a hora da sobremesa... Pedi ao meu marido para ir desenformar o pudim, entretanto ouço de lá de dentro "Tu não vais querer dar isto às pessoas"... hã?... Não vou o quê? Só podia estar a brincar!!
Chega à mesa um prato lindo com um pudim que não tinha mais de 3 cms de altura, mais duro que borracha e com um aspecto... Estão a ver uma morcela de arroz?? Era exatamente a mesma coisa, mas em circulos e com gomos e pudim!
A minha filha quando viu apontou e disse "cocó".
... Não tirei fotografias porque confesso que até tive vergonha..
Bonito!

sábado, 30 de outubro de 2010

Dos desejos

Pois ando! Ando sim senhor com pouca vontade de cá vir... ou com pouca coisa para contar! Mas estive aqui a pensar que... nem só de peixes vive a mulher, por isso, e como sou mulher, neste blog vai falar-se de tudo! Sapatos, carteiras, maquiagem, sapatos, perfumes, sapatos... enfim, do que me apetecer...
Como não sou de perder tempo vou mesmo começar já.

EU QUERO:


Em qualquer cor, que não sou pessoa de ser esquista...

PS - Alguém tem o telefone do meu marido?

segunda-feira, 25 de outubro de 2010

E ainda o peixe

E a saga continua.
O peixe ainda não morreu, mas também já não está exatamente vivo, a verdade é que passa o dia a serenar virado de barriga para cima e só se mexe se lá vamos falar com ele. Ora isto é uma grande chatice... passo a vida a pensar "pronto, é agora, lá vou eu por o desgraçado sanita abaixo", mas não, ainda não. As pessoas que cá vêm a casa, as visitas dizem "olha, acho que o vosso peixe... foi-se" e nós já nem olhamos para o aquário, dizemos "não foi nada, dá uma pancada no aquário que ele mexe". E rimo-nos.
Só que não tem piada nenhuma, é que ainda por cima tenho que lhe mudar a água outra vez e nem tenho coragem porque das duas uma, ou o mato num ápice ou continua ali... moribundo, sem dar o último suspiro!.. Neste caso o último.. "coiso" que o gajo não suspira ,limita-se a respirar pelas guelras, mal, é certo, mas vai indo...
E neste caso? Será legal morte assistida?
 

Este texto foi escrito ao abrigo do novo acordo ortográfico, que, para que saibam não concordo nada e acho uma grandessíssima e enormíssima anormalidade.

quinta-feira, 14 de outubro de 2010

Para que vejam!!!

Cá está o gajo de cabeça para baixo, mas vivo da silva!

segunda-feira, 11 de outubro de 2010

Balélo

Pois! Eu sei. Já devia ter vindo aqui pelo menos para dizer que o peixe preto dos olhos esbugalhados continua aqui, às voltas no aquário... Ora de cabeça para cima, ora de cabeça para baixo, mas lá vai andando! Ufff Safei-me desta!
A verdade é que ainda não me habituei a este estaminé, ainda não lhe tomei o gosto... às vezes nem me lembro que ele existe, o que é triste, coitadinho... mas devagar devagarinho há-de começar a fazer parte da minha rotina diária e vai ser a loucura... ou então não... mas vamos finalmente ao que interessa: A MINHA FILHA, sim, essa lindezura, tem quase 2 anos e está naquela fase que repete tudo o que ouve, faz ziliões de asneiras e tem o seu próprio dialecto, por exemplo se lhe perguntarmos:
- "Como te chamas?", ela responde
- Balélo
- Não filha, Isabel
- Balélo
- I-sa-bel
- Ba-lé-lo

... Quer dizer, é que nem se parece um bocadinho com Isabel... Nada. Rien... mas que é giro é!

sexta-feira, 1 de outubro de 2010

Sou uma assassina de peixes!

Estou com a minha alma numa negrura só! Mesmo! Então não é que há um ano atrás, mais coisa menos coisa, resolvemos comprar 2 peixinhos para termos cá em casa, um dourado e o outro preto. E foi muito giro. As meninas adoraram e a minha filha que começava a dizer as primeiras palavras delirava e até queria comer a olhar para os peixinhos. E pronto. A verdade é que, com o passar do tempo, todos foram perdendo o interesse pelas ditas criaturas. Eu tinha o cuidado de lhes dar comidinha e volta e meia mudávamos a água. E eramos felizes e assim. Até que, há mais ou menos 2 meses atrás fui mudar a água ´do aquário e 2 dias depois, quando cheguei a casa depois do trabalho, o peixinho dourado boiava de barriga para cima, estava, portanto, morto, finado! Confesso que fiquei assim incomodada, mas apressei-me a pôr o bicho pela sanita abaixo. E lá foi ele coitadinho.
O preto aqui ficou, sozinho, sossegadinho, ali às voltas no aquário... Entretando lá lhe mudei a água e passados uns dois dias "dei com ele" (adoro esta expressão) muito paradinho, sem mexer uma barbatana que fosse e lá bati no aquário, e o rapaz vai de nadar como se não houvesse amanhã. Espectáculo, pensei eu, foi falso alarme, mas a verdade, é que, desde então vejo o animalzito a lutar, juro!! Ora está de barriga para cima a boiar qual finado, ora está de ladeiro a tentar manter-se direito... fico triste! Coitado, nem o peixe morre e nem a gente almoça e está ali a sofrer... Mas para que é que eu lhes mudo a água??? É que mato-os!

quarta-feira, 29 de setembro de 2010

Get a life!

Estão há horas no programa da manhã da Sic a falar sobre o bebé do Cristiano Ronaldo... Ok. Mas o que é que tanto há que falar?? "É que parece mulato", "ai jesus que esteve escondido 2 meses e agora o que faz na rua?"... E não, não estou a ver, liguei a televisão para a minha filha bater palmas (que é uma coisa que ela adora!) e deixei ficar no canal que estava enquanto estou para aqui à procura de seguros baratos para a viatura locomotora!
Gente, get a life!

terça-feira, 28 de setembro de 2010

Um...Dois....Três

Ele foi trabalhar.
Eu estou em casa.
As meninas dormem sossegadas.
Eu, em vez de fazer alguma coisa de útil enfiei-me a abrir um blog...